Rede de Sementes do Xingu

Como Funciona

A demanda por sementes nativas para a restauração nas cabeceiras do Rio Xingu no Mato Grosso foi o ponto de partida da Rede de Sementes do Xingu, que promove a produção de sementes como alternativa socioeconômica para 420 coletores.

Organizando grupos de coletores e organizações de diferentes identidades, origens e histórias, a Rede de Sementes do Xingu atingiu resultados expressivos se tornando uma referência no setor de sementes florestais no Brasil. Hoje a sua atuação se ramifica por 14 assentamentos rurais, 13 aldeias indígenas e uma reserva extrativista na Bacia do Rio Xingu.

Núcleos Coletores

A Rede de Sementes do Xingu em números

Quem Faz a Rede de Sementes